MÉTODO DE FADIGA PRÉVIA NO TREINAMENTO DE MUSCULAÇÃO

Os métodos de treinamento, em sua maioria, foram desenvolvidos por preparadores físicos e atletas de força, portanto, não possuem comprovação científica. Contudo alguns estudos trazem algumas alternativas interessantes para a elaboração de treinamentos de musculação.

Um deles é o método de Fadiga Prévia. Nesse, o objetivo é gerar fadiga da musculatura a ser trabalhada na primeira série de exercício, por meio de um aquecimento com sobrecarga baixa (20% de 1 RM).

Esse método foi testado por Aguiar e colaboradores (2015). Os autores realizaram um estudo com 27 homens entre 18 a 25 anos, divididos em 3 grupos: Controle (sedentários), Treinamento Tradicional (3 x 8-12 repetições; 75 % 1RM; ID: 1’) e Treinamento Fadiga Prévia (4 séries, sendo 1 a 20% de 1 RM, seguida de 8-12 repetições a 75 % 1RM; ID: 30” após a primeira série e 1’ nas demais) (Figura 1).

Figura 1. Protocolo experimental proposto por Aguiar e colaboradores (2015)

Após 8 semanas de treinamento, o grupo que fez o Treinamento com Fadiga Prévia obteve maior desempenho no teste de 1RM, além de maior área de seção transversal (ou seja, maior hipertrofia, Figura 2) e resistência muscular localizada do músculo quadríceps, comparado com o treinamento tradicional. Além disso, nenhuma alteração na ingestão dietética diária foi observada entre os grupos.

Figura 2. Resultado da área de secção transversa demonstrado por Aguiar e colaboradores (2015). CO: Controle; TR: Treinamento Tradicional; PE: Treinamento de Fadiga Prévia.

Os autores atribuíram esses resultados ao maior volume de treinamento de Fadiga Prévia, que gerou maior acúmulo de metabólitos induzida pela fadiga, o que pode levar ao aumento do recrutamento de fibras de tipo II (aquelas que mais se desenvolvem ao treinamento na musculação).

Como resultado prático, os resultados sugeriram que a inclusão de uma série de exercício exaustivo a 20% de 1RM antes do treinamento tradicional hipertrófico pode ser uma estratégia adequada pode induzir efeitos benéficos adicionais na força e na espessura do quadríceps de homens jovens.

Então, com ajuda de um professor de Educação Física qualificado, voce pode testar esse tipo de treinamento em sua rotina de treinamentos na musculação. Converse com esse para garantir que o treinamento será realizado com a maior eficiência possível.

Quer conhecer melhor a aplicação de outros métodos na musculação? Participe do curso Métodos de treinamento em Musculação.

Referência:

AGUIAR AF, BUZZACHERA CF, PEREIRA RM, SANCHES VC, JANUÁRIO RB, DA SILVA RA, RABELO LM, DE OLIVEIRA GIL AW. A single set of exhaustive exercise before resistance training improves muscular performance in young men. Eur J Appl Physiol. 2015 Jul;115(7):1589-99

 

Por Anselmo Gomes de Moura

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*